Programa Melhor em Casa é apresentado em Penedo para servidores públicos das secretarias envolvidas

A Prefeitura de Penedo por meio da Secretaria de Saúde apresentou nessa terça-feira (11), no auditório do IFAL,  para servidores da saúde e outros setores envolvidos, o programa “Melhor em casa”, que prevê a atenção domiciliar para pacientes da rede pública internados em hospitais, na qual atendam os critérios previamente definidos. O programa é realizado em parceria com o Governo Federal.

De acordo com a apresentação realizada pelo Fisioterapeuta do Programa Wesley Higino, a Atenção Domiciliar é uma nova modalidade de atenção à saúde caracterizada por um conjunto de ações de promoção à saúde, prevenção e tratamento de doenças, e reabilitação prestadas em domicílio, com garantia de continuidade de cuidados e integradas às redes de atenção à saúde.

Wesley Higino apresentou os objetivos da denominada “desospitalização”, que consiste em promover, a celeridade do processo de alta hospitalar com cuidado continuado em domicilio. Diminuindo o risco de infecções hospitalares, minimizando intercorrência clinicas, entre outros benefícios.

Destaca-se que os pacientes aptos a aderirem ao programa são definidos por uma série de critérios técnicos  avaliados pelas equipes do programa, compostas por diversos profissionais da área médica e da Assistência Social.

Apresentação

A Diretora do Departamento de Atenção Básica da Secretária Municipal de Saúde, Monike Oliveira, explicou que durante o evento foi reunido diversos setores envolvidos e de interesse no tema a exemplo da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Habitação (Semdesh), Creas, CRAS, Nasf, Conselho Tutelar, conselhos municipais de saúde e do idoso, vereadores, entre outros; explicando para os presentes os critérios definidos pelo programa.

“Reunimos todos esses setores para que a comunidade conheça os benefícios do programa, que promove a´desospitalização’, com uma equipe multiprofissional fazendo a continuidade do tratamento em casa. Na qual a equipe do Programa Melhor em Casa entra em contato com a equipe da unidade hospitalar, avaliando quais os paciente podem participar”, destacou.

Thiago Sobral- Jornalista Decom (PMP)