As atividades referentes à Semana Nacional de Prevenção da Gravidez na Adolescência, que ocorreram ao longo de toda semana foram encerradas na manhã dessa sexta-feira, 1º de fevereiro, no Centro Juvenil Maria Auxiliadora. Entre as ações desenvolvidas no encerramento, estão palestras sobre a importância do uso do preservativo e outros contraceptivos, assim como evitar a prática sexual em idade precoce. Também ocorreram: Testes rápidos, teste de glicemia, apresentações culturais do Centro Juvenil e CRAS- Centro de Referência em Assistência Social do Bairro Senhor do Bonfim, palestra sobre saúde Bucal, com distribuição de kits de escovação; entre outros.

O evento foi realizado pela Prefeitura de Penedo por meio das seguintes secretarias: Saúde, Educação, Semthas e Cultura, em parceria com o CMDCA – Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do adolescente, Conselho Tutelar e a Comissão Intersetorial do Selo Unicef, com o lema “Gravidez na adolescência não é brincadeira”.

A Semana nacional de prevenção gravidez na adolescência foi criada por meio de lei federal, e incluída no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), para conscientizar a população brasileira, sobre a necessidade de se evitar a gravidez na adolescência. 

O Técnico da Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde Marcodes Firmino destacou para os adolescentes presentes,  a necessidade deles aproveitarem a faixa etária com práticas adequadas, brincadeiras, esportes, entre outras, antes de iniciarem a vida sexual, que traz diversas consequências entre essas a gravidez precoce , que pode levar a grandes prejuízos na vida desses adolescentes.

O Coordenador da Juventude Cleiton Porfírio destacou as prioridades na vida dos adolescentes, antes de pensarem em serem mães ou pais, a exemplo dos estudos que devem estar em primeiro lugar. Já a enfermeira Taciana explicou os diversos métodos contraceptivos existentes e que devem ser usados para evitar uma gravidez indesejada, a exemplo dos preservativos masculinos e femininos, Diu, pílula anticoncepcional, anticoncepcionais injetáveis, tabelinha, entre outros.

A Conselheira Tutelar Luciene Caetano, a Neide do Conselho, falou para o público composto por estudantes de escolas da cidade e moradores do bairro, sobre as consequências de uma gravidez precoce e os problemas que surgem na vida dos adolescentes a partir de então, lembrando também as diversas questões ligadas a relacionamentos, na atualidade.

Encerrando o evento foram entregues 150 kits escolares aos alunos participantes, pela Secretaria Municipal de Educação, com a presença da Secretária de Educação Cyntia Alves. Também foi oferecido lanches para os participantes.