Começou na manhã da última segunda-feira- 28, em Penedo, as atividades alusivas a Semana Nacional de Prevenção da Gravidez na Adolescência. Criada por meio de Lei federal e inserida no Estatuto da Criança e do Adolescente- ECA, a semana tem o objetivo de conscientizar toda a população, sobre a necessidade de evitar a gravidez precoce. A abertura das ações foi realizada no Largo de São Gonçalo, Centro histórico da cidade.

Estão ocorrendo diversas ações promovidas pela seguintes secretarias municipais : Saúde, Educação, Semthas e Cultura, contando também com as parcerias do CMDCA – Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do adolescente, Conselho Tutelar e a Comissão Intersetorial do Selo Unicef. Entre as atividades que ocorrerão até o próximo dia 1º de fevereiro estão: Atividades educativas em saúde, palestras de profissionais dos Nasf’s e Enfermeiros, aferição de pressão, teste de glicemia, teste rápido, apresentações culturais, entre outras atividades com o lema “Gravidez na adolescência não é brincadeira”.

De acordo com o Coordenador da Juventude de Penedo Cleiton Porfírio, a gravidez adolescência é uma das principais causas de evasão escolar para essa faixa etária, na qual a realização dessas ações busca a redução dos altos índices no Brasil, mostrando que as adolescentes ainda tem um longo caminho a percorrer, com outras prioridades na vida, antes de pensar em serem mães.


Os números da Organização Mundial da Saúde, apontam que o Brasil tem 68,4 bebês nascidos de mães adolescentes a cada mil meninas de 15 a 19 anos, o índice brasileiro está acima da média latino-americana, calculada em 65,5.


Nessa terça-feira, 29, a programação das ações continua com na Praça do Bairro Senhor do Bonfim, já na próxima quarta-feira será a vez das ações serem realizadas na Praça da Alegria no Bairro Santo Antonio, popular Barro Vermelho, tendo prosseguimento no dia 31 na Praça de Santa Luzia, sendo encerrada no Centro Juvenil Maria Auxiliadora, localizado na Vila Matias, parte alta de Penedo.