A Secretaria municipal de educação em parceria com a Escola de Artes da Universidade Federal de Alagoas realizou na noite da última quinta-feira (27), a formatura dos alunos da Educação de jovens e adultos que concluíram os cursos do Pronatec- (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego), de Assistente de Palco e Assistente de camarim. O evento foi realizado na sede da Escola Municipal de educação Básica Santa Luzia, antigo prédio do Senai.

A solenidade contou com a participação do Prefeito de Penedo, Marcius Beltrão, vice Ronaldo Lopes, Secretaria de Educação Cyntia Alves, coordenador dos cursos Sergio Onofre, Coordenadora da EJA- Catarina Sodó, entre outros.

A cerimônia emocionou todos os alunos participantes por representar um momento especial na vida de todos, na qual os mesmos precisaram por motivos diversos abandonar os estudos, retornando com a EJA e tendo o Pronatec representado à oportunidade de aprenderem uma nova profissão, ao qual poderão se dedicar a partir de agora.

Após a fala das autoridades presentes, os alunos foram sendo chamados um a um para receberem o seus certificados e posteriormente pousaram para a foto oficial. Também houve música ao vivo e confraternização entre todos os participantes.

Os cursos de assistente de camarim e assistente de palco abordaram conteúdos teóricos e práticos, o assistente de palco fica responsável por arrumar toda parafernália, equipamento e o próprio palco, também fornece apoio as bandas, artistas, etc.  Já o Assistente de camarim arruma e organiza a coxia esperando a hora do espetáculo começar, tratando-se de cursos com possibilidade de inserção de novos profissionais, pelo bom número de eventos realizados atualmente no município .

O Prefeito de Penedo Marcius Beltrão destacou o momento marcante que a conclusão desses cursos representa na vida de todos os formandos.

“Um investimento muito importante no ser humano, momento de vitórias, sendo uma capacitação necessária para inserção no mercado de trabalho, onde os alunos poderão colocar em produção o que apreenderam em sala de aula”, afirmou.