Cumprindo a tradição que acontece desde 1884, devotos de Bom Jesus dos Navegantes visitam Penedo para participar da grande procissão alusiva ao santo. Por terra, a peregrinação saiu da igreja Santa Cruz e cruzou o centro histórico em direção ao Rio São Francisco. Bom Jesus foi homenageado com fogos, chuvas de papel, cantos e palmas, de pessoas que tem grande devoção ao protetor da cidade.

Pelas águas, a balsa contornou toda a cidade e seguiu para Neópolis, cidade de Sergipe, indo até o morro do Acararé, o limite entre os dois estados. A comitiva foi acompanhada por grande número de barcos, lanchas, jangadas e a famosa embarcação Maravilhosa. No pôr do sol, fieis voltaram com o santo para a igreja matriz e assistiram à missa com o bispo Dom Valério Brêda. A banda Dominus encerra a programação.

Este ano a igreja contou com grandes atrativos, como o show do cantor Dunga, membro da Canção Nova, além da presença garantida dos romeiros, vindos de dezenas de cidades do Nordeste. De acordo com padre Jackson Ribeiro, a igreja empenha-se em alcançar as pessoas, e o recurso mais recente adotado para este ano é a igreja móvel. O veículo percorre os bairros com a missão de evangelizar e convidar as pessoas para participar da programação da festa.

“A programação da igreja envolve a participação de toda a comunidade para ser um sucesso. Tivemos momentos importante de adoração, como a celebração eucarística realizada na paróquia Santa Cruz, igreja do Bom Jesus. Os jovens tiveram uma participação especial com a vinda do cantor Dunga. ”