Buscando contribuir com fomento cultural em suas várias vertentes, no município de Penedo, o prefeito Marcius Beltrão assinou duas Leis nesta quarta-feira (1º de junho). A solenidade ocorreu no Gabinete da Prefeitura e contou com a presença dos quadrilheiros, secretários e diversos militantes culturais.

A primeira Lei 1.556/2016 torna de Utilidade Pública a Agremiação Cultural Chapéu de Couro. A segunda Lei 1.555/2016, igualmente a anterior, entende da mesma forma a Liga das Quadrilhas Juninas e Estilizadas de Penedo.

Para o prefeito Marcius Beltrão, a iniciativa busca apoiar o segmento cultural e como consequência, trabalhar o lado social das quadrilhas juninas na cidade. “Essa atividade pode e deve desempenhar funções para contribuir com o fomento cultural em Penedo. As quadrilhas juninas podem ainda trabalhar com jovens em risco de vulnerabilidade social. O propósito da nossa administração também é trabalhar o resgate das várias vertentes culturais. Queremos dar possibilidades de escolha aos nossos jovens”, garantiu o prefeito Marcius Beltrão.

O quadrilheiro e presidente da Agremiação Cultural Chapéu de Couro, Fábio Rodrigues, comemorou o momento com os integrantes do grupo, agora de Utilidade Pública. “Desde 1993 lutamos por este momento. Uma luta diária para manter a tradição da quadrilha junina em Penedo. Toda a nossa luta foi válida. Hoje vencemos mais um desafio. Agradeço ao secretário Hugo Menezes, ao prefeito Marcius Beltrão e todos os vereadores que se sensibilizaram aprovando a Lei. Muito obrigado mesmo”, encerrou emocionado.

Sancionadas as Leis pelo prefeito Marcius Beltrão, tanto a quadrilha junina, quando a Liga Penedense, podem também captar recursos públicos, buscando ainda trabalhar o lado social e desenvolver projetos para trabalhar com jovens e crianças em risco de vulnerabilidade social.  

Assinatura das Leis  (1) Assinatura das Leis  (2) Assinatura das Leis  (3) Assinatura das Leis  (4) Assinatura das Leis  (5) Assinatura das Leis  (6) Assinatura das Leis  (7)