O prefeito Marcius Beltrão, na companhia do vice Ronaldo Lopes, acompanhou os trabalhos de restauração do secular Theatro Sete de Setembro. O projeto já em andamento é um dos nove que a cidade aprovou no Programa de Aceleração do Crescimento 2 (PAC das Cidades Históricas).

A visita técnica ocorreu nesta quinta-feira (10), e contou ainda com as presenças dos secretários: de Infraestrutura, Valmir Lessa, Governo, Bili Marques e Comunicação, Roberto Miranda. O projeto orçado em R$ R$ 4.035.708,15 (quatro milhões, trinta e cinco mil, setecentos e oito reais e quinze centavos) segue na etapa de recuperação total da cobertura, com substituição de parte do madeiramento e telhas.

“O Theatro Sete de Setembro foi a primeira casa de espetáculos de Alagoas, sua fachada e interior encantam por tamanha beleza. Igualmente aos demais projetos aprovados pelo PAC das Cidades Históricas, vai receber total recuperação, uma atenção muito merecida pela sua representatividade e importância não apenas para Penedo, mas sim para o cenário nacional”, comentou o prefeito Marcius Beltrão.

Com sua arquitetura assinada pelo arquiteto italiano Giovanni Luigi Giuseppe Lucarini, o projeto de restauração e adaptação do Sete de Setembro aprecia pintura, nova central de ar condicionado, moderno sistema de som, projeto luminotécnico, elevador para portadores de necessidades especiais e idosos. E ainda, recuperação do piso, esquadrias, banheiros e recuperação dos camarins que serão totalmente climatizados.

O projeto segue com a construtora A4, empresa ganhadora da licitação. A previsão de entrega é de oito meses, a contar de fevereiro de 2016, mês de início dos trabalhos.

PAC das Cidades Históricas

Os projetos foram elaborados pela Prefeitura de Penedo e apresentados em Brasília. A execução é de responsabilidade do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). A fiscalização acontece em parceria com o Município. No total, serão investidos em Penedo pelo Governo Federal, só com o PAC das Cidades Históricas, mais de R$ 20 milhões.

1 – Requalificação Urbanística do Largo de São Gonçalo (Em execução – R$ 9 milhões);
2 – Theatro Sete de Setembro (Em execução – R$ 4 milhões);
3 – Marina Pública (Em execução – R$ 1,7 milhões);
4 – Cine Penedo (Processo de conclusão do projeto para licitação);
5 – Monte Pio dos Artistas (Em execução – R$ 360 mil);
6 – Círculo Operário (Inaugurado em setembro de 2015);
7 – Biblioteca de Penedo (Inaugurado em setembro de 2015);
8 – Chalet dos Loureiros (Em licitação);
9 – Cais da Marina de Penedo (Em licitação – R$ 800 mil);
– Total: mais de R$ 20 milhões.
Por emenda do então deputado Renan Filho (PMDB);

1 – Transformação do Cine São Francisco em Centro de Convenções, para 1.100 lugares. Por comodato de 20 anos, o Município vai gerir o importante espaço (Processo de conclusão do projeto para licitação);