AMAAs dificuldades do financiamento de ações e serviços de saúde para os municípios foi tema da reunião realizada nesta segunda-feira, 02, no auditório da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA). A reunião contou com a presença dos deputados federais, Ronaldo Lessa (PDT), Pedro Vilela (PSDB) e Marx Beltrão (PMDB), deputados estaduais, prefeitos e secretários de saúde, incluindo a Secretária de  Estado da Saúde, Rozangela Wyszomirska.

Ao se colocar sobre o assunto, o presidente do Consórcio Intermunicipal do Sul de Alagoas – CONISUL e prefeito de Penedo, Március Beltrão, apontou a alternativa do Consórcio para tentar minimizar as dificuldades vivenciadas nos municípios.

Hoje o CONISUL é responsável pela regulação do recurso estadual dos treze municípios consorciados e vem realizando procedimentos que dificilmente são ofertados para o SUS. Na assistência farmacêutica, a economia gerada na compra compartilhada alivia as finanças das prefeituras.

“Antes do Consórcio, Penedo fazia uma compra trimestral de medicamentos no valor de R$600 mil. Atualmente, adquirimos os mesmos itens no valor de R$200 mil. Além da vantagem financeira, temos a garantia da entrega dos itens em tempo hábil”, pontuou.

O prefeito enfatizou que, apesar das alternativas que os municípios vêm buscando, a escassez de recursos vem comprometendo os serviços. “Os prefeitos já fizeram diversas cobranças ao Governo Federal, mas até agora não tivemos posição. Temos que nos mobilizar”, completou.