A Escola Municipal de Educação Básica Professor Douglas Apratto Tenório, situada no Bairro Santo Antônio, iniciou nesta segunda-feira, 25, a 1ª Mostra do Projeto Consciência Negra.  O evento que segue até o próximo dia 29 de novembro foi aberto pela diretora da unidade de ensino, Anabel Vicente e pela coordenadora Enizabel Soares, que  agradeceram a presença dos alunos e funcionários presentes, além de enfatizarem a colaboração da coordenadora Adriana Belo e da idealizadora da Mostra, professora Maria Cristina, destacando ainda o apoio do Prefeito Március Beltrão e do Secretário de Educação Wesley Marques, para que fosse possível concretizar a vontade dos estudantes de participarem de evento tão significativo para a formação escolar.

1ª Mostra do Projeto Consciência Negra
1ª Mostra do Projeto Consciência Negra

A palestra de abertura foi proferida pelo “imortal” Wilton Lucena, professor e membro da Academia Penedense de Letras, Artes, Cultura e Ciências (APLACC), educador com vasto conhecimento. O palestrante fez em sua introdução um breve relato da importância do negro na sociedade moderna não esquecendo de citar primeiramente o grande líder Martin Luther King e sua célebre frase: I have a dream ( Eu tenho um sonho ), sonho este que veio à se tornar verdade quando os negros discriminados pelo Appartheid vieram após à sua morte ter seus direitos reconhecidos.

Durante sua fala, Lucena discorreu também sobre o quanto o negro sofreu desde o período da escravidão mostrando fotos do sociólogo Gilberto Freire, estudioso que ficou bastante conhecido por chamar Penedo de “a terra dos sobrados” que evidenciavam a tortura recebida dos senhores de engenho e capitães do mato. Lembrando também os líderes Zumbi, que morreu em 1965 e foi o símbolo da resistência no Quilombo dos Palmares e Nelson Mandela foram também lembrados.

Personalidades do mundo contemporâneo foram lembradas como Pelé (esporte), Milton Nascimento (música), Lázaro Ramos (artes cênicas) e Joaquim Barbosa que atualmente assume a presidência da mais alta côrte no país, o Supremo Tribunal Federal (STF). O Ministro Joaquim foi eleito pela revista TIMES uma das 100 maiores personalidades deste século. Wilton destacou frases como: “a educação é a arma mais poderosa para mudar o mundo” (Mandela) e “o homem nasce livre” (Jaques Russeau). Concluindo e agradecendo o convite,  o acadêmico disse que independente de qualquer coisa “todos nós somos iguais”. Para abrilhantar ainda mais o evento, alunos do ‘Programa Mais Educação’ mostraram o gingado da capoeira, dança trazida pelos africanos e que a escola trabalha durante todo o ano com as aulas ministradas pelo professor-mestre Jonielson.